top of page
  • Foto do escritorAGCom

Saiba o passo a passo para emitir a Carteira Nacional de Habilitação no Amapá

Em média, o processo leva 90 dias e custa cerca de R$2.500,00.


Por Crystofher Andrade e Léo Nilo

A CNH é o documento necessário para a conduzir veículos no Brasil. Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil.

Dirigir um veículo é o sonho de diversos jovens brasileiros. No entanto, o processo até a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pode levar até 90 dias e varia de valor de acordo com diversas taxas. A partir disso, organizamos um passo a passo para esclarecer o processo e facilitar o alcance até o tão sonhado desejo de dirigir.


A CNH é o documento necessário para a condução de veículos em todo o território nacional. O registro é emitido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de cada unidade federativa. No Amapá, a solicitação deve ser feita presencialmente, no prédio do departamento, localizado na Rua Tancredo Neves, n° 217 - bairro São Lázaro.


Neste momento, é dado início ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), com o pagamento da primeira taxa. No Amapá, são cobrados R$415,76 para a habilitação de uma categoria (apenas carro, por exemplo), e R$569,72 para duas categorias. A partir disso, a cada categoria adicional é acrescentado o valor de R$307,96.

Nesta etapa, é necessário que o interessado leve ao Detran cópias do RG, CPF e comprovante de residência. É exigida ainda uma foto 3x4 do futuro motorista, que será usada no Renach.


Durante o cadastro, também são pagas as taxas para dois exames: oftalmológico, no valor de R$222,00, e psicotécnico, que atualmente custa R$192,01. Feito o pagamento, o Detran irá marcar a data e local dos exames, em um período de 15 dias.


Começo das aulas

Feitas as solicitações iniciais ao Detran, o interessado deve escolher uma autoescola de sua preferência e dar início às aulas teóricas. Cada autoescola oferta recursos e pacotes diferentes, que variam de acordo com a categoria solicitada. Os valores podem variar de R$1.100,00 a R$2.000,00 por categoria.


Primeiro, o estudante deve assistir 45 horas de aulas teóricas. Então, a autoescola entra em contato com o Detran e agenda a realização da Prova de Legislação, um questionário teórico com 30 perguntas, em que o estudante precisa acertar 70%.


Caso seja aprovado, o interessado segue para as aulas práticas na autoescola, em que tem lições dentro de um veículo e aprende a realizar manobras do dia a dia, como a baliza. Completadas mais 45 horas de aulas práticas, o estudante está apto a realizar a prova final.

Foto: Crystofher Andrade

Exame prático

A prova prática do Detran é o teste final para a aprovação dos candidatos. No exame, são avaliados os conteúdos ensinados nas aulas práticas, em um percurso em uma via pública. No Amapá, o percurso é realizado nas ruas do bairro Renascer, zona norte de Macapá.


Caso o candidato seja aprovado, ele receberá uma CNH provisória, com a validade de um ano. Apenas após esse período, enfim, o condutor deve pagar R$180,47 para a emissão da CNH definitiva.


Caso o condutor seja reprovado no exame prático, ele deverá pagar novamente à autoescola a taxa para remarcação da prova. A cada reprovação, o estudante pode gastar cerca de R$672,00.


Total

Da solicitação do Renach até a emissão da CNH provisória, o processo leva em média 90 dias. Caso o estudante passe na avaliação prática de primeira, ele terá gasto cerca de R$2.500,00.


*Matéria produzida na disciplina de Redação e Reportagem II, ministrada pelo professor Alan Milhomem.

0 comentário
bottom of page