• AGCom

Muito Axé e Luz em Evento de Capoeira em Macapá

Evento contou com a presença de Mestre com renome internacional.


Por João Roberto Ribeiro


O projeto “Cidadão Considerado Amapá” promoveu evento com a participação do Mestre capoeirista Toni Vargas, importante figura da luta, vindo do Rio de Janeiro. Ocorreu no Salão de Festas do SESI, nos dias 23 e 26 de Outubro. Além do Mestre Toni Vargas, os capoeiristas cariocas Gabriel Vargas (filho do Mestre) e Açaí estiveram presentes no evento. O projeto é organizado pelo grupo de capoeira Senzala Macapá, coordenado por Mônia Cardozo e Élcio Cardozo, que afirmaram em conversa no evento sobre “a presença de uma figura de renome internacional ser importante para esses jovens que participam do projeto, visto que é mais um grande incentivo para eles”.


Roda de Capoeira com energia, axé no batizado e troca de corda do grupo Senzala-AP FOTO: João Roberto Ribeiro

A Roda de capoeira envolveu muito axé - desde o soar de cada instrumento como o Berimbau, Atabaque, Pandeiro e Agogô, até o jogo desenvolvido pelos capoeiristas com muita ginga e agilidade. Mestre Toni Vargas passou uma semana em Macapá, organizou treinos, cantou, tocou e recebeu homenagens de alunos. Ele é coordenador do projeto “Cidadão Considerado”, do Rio de Janeiro, e sabe da importância social do projeto. "Muitos jovens podiam estar fazendo qualquer coisa de errada por aí, mas estão fazendo arte, capoeira, se libertando", disse o Mestre.



O evento promoveu a troca de cordas para os capoeiristas mais avançados e batizado aos capoeiristas novatos (quando eles recebem uma corda branca de iniciantes e um apelido), do grupo Senzala. Estavam presentes familiares dos alunos e Mestres e Contra-mestres de outros grupos de capoeira do estado do Amapá.


Mestre Toni Vargas


Antônio César de Vargas, nasceu em 5 de Abril de 1958, no Rio de Janeiro. Entrou na capoeira aos 10 anos de idade. Em 1977 ingressou no grupo Senzala para ser aluno do Mestre Peixinho que o entregou a corda vermelha (de Mestre). Toni Vargas é formado em educação física e pós-graduado em dança. Participou de vários discos e tem músicas gravadas em vários CDs. Mestre Toni Vargas é um dos maiores poetas da capoeira, sendo homenageado pela Superliga Brasileira de Capoeira como um dos melhores do século.


Projeto Cidadão Considerado Amapá


Programa Social coordenado pelos professores de capoeira Élcio Cardozo e Mônia Cardozo, no saguão da Policia Militar-AP, no Beirol. O projeto visa incentivar crianças e jovens na prática da capoeira e faz-se relevante no desenvolvimento dessa arte brasileira no estado do Amapá. Os interessados em participar do projeto podem comparecer nos dias de treino (terça, quinta e sábado às 19:00), na Polícia Militar, da Jovino Dinoá. Ou podem mandar mensagem na página do Instagram (@cidadao_considerado_amapa). A inscrição é gratuita.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo