• Martha Sophia

Movimento estudantil exige revisão das cotas do edital PS2021/UNIFAP

Universidade não responde ao movimento “ps2021ja” sobre ausência de cotas em alguns cursos.

Foto: Arquivo AGCom

A Universidade Federal do Amapá abre as inscrições para o PS 2021 hoje, segunda-feira (26). O início das candidaturas antes era previsto para junho, entretanto foi adiantado em consequência de uma manifestação estudantil que alcançou inúmeros seguidores nas redes sociais. O movimento “ps21ja” arrecadou mais 3000 assinaturas em sua petição online, para que o processo seletivo acontecesse no início do ano. Porém, logo após lançamento do edital, surge uma nova reivindicação.

O movimento exige respostas sobre a falta de cotas em Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Letras, Medicina e Sociologia. As vagas estão presentes nos demais cursos. O edital, lançado no dia 16, apresentou estas variações na categoria das cotas e, no dia seguinte, 17, foi emitida uma carta para a universidade, destinada ao Departamento de Processos Seletivos e Concursos assim como a outros órgãos responsáveis pelo PS2021 acerca da distribuição de vagas. Até hoje, o movimento não recebeu resposta e as inscrições começaram.

Ranna Ketherin e Ana Clara, representantes do movimento PS para todos. Foto: Ranna Ketherin e Ana Clara (Arquivo Pessoal)

Na distribuição de vagas, estão faltando candidatos com renda familiar maior e menor a 1,5 salário-mínimo; não autodeclarados, com e sem deficiência. Assim, o grupo atingido é de estudantes de baixa renda, egressos de um ensino médio integral nas escolas públicas. Este grupo está sendo destinado à ampla concorrência com estudantes dos ensinos privados. A Lei 12.711 determina essas garantias jurídico-sociais de acesso à educação pública superior.

Coordenadores do movimento alegam inconstitucionalidade no edital e exigem uma universidade democrática. Na redação da carta, identificam falhas em data e números, destinados às cotas para escola pública no PS2021 da UNIFAP.

Para ler a carta na íntegra, acesse o link.

UNIFAP

A UNIFAP ainda não se pronunciou sobre a reivindicação estudantil até o momento. O edital com datas e números de vagas, até mesmo a falha no ano em tabela, permanece publicado e válido sem erratas. A AGCom procurou a instituição e ainda não existe nota oficial sobre as variações das cotas.

As inscrições estão disponíveis desde 9:00h pelo endereço eletrônico https://depsec.unifap.br/concursos/

0 comentário