• AGCom

CAMPANHA DE VACINAÇÃO NO ESTADO DO AMAPÁ JÁ ESTÁ NA SEGUNDA SEMANA

Com o objetivo de imunizar a população amapaense e agilizar o diagnóstico do covid-19, agentes da saúde pretendem vacinar 176 mil habitantes


Por Bárbara Ribeiro


A campanha nacional de vacinação contra a Influenza H1N1 começou no último dia 23 de março e vai durar até o dia 23 de maio, no estado do Amapá. A imunização ocorre de segunda a sexta, em toda a região. Para saber os locais e horários disponíveis, é importante estar atento nas plataformas informativas ou digitais da prefeitura de cada município.


Idosos e pessoas com deficiência são considerados o público-alvo dessa campanha e por isso têm prioridade na imunização. A campanha está sendo organizada por três fases. Sendo elas:


  • 1ª fase: a partir de 23 de março – idosos com 60 anos de idade ou mais; pessoas com deficiência; e trabalhadores da saúde;

  • 2ª fase: a partir de 16 de abril – professores da rede pública e privada; profissionais das forças de segurança e salvamento; e portadores de doenças crônicas não transmissíveis (doença autoimune, transplantados, diabetes, que têm a imunidade baixa);

  • 3ª fase: a partir de 9 de maio – 6 meses a menores de 6 anos de idade; pessoas com 55 anos ou mais; gestantes; mães no pós-parto; povos indígenas; jovens e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas (12 a 21 anos); trabalhadores do sistema prisionais; presos; e pessoas com deficiência.


Entre as metas dessa campanha, segundo o Ministério da Saúde, está a de facilitar e acelerar o diagnóstico do novo Coronavírus. Faz-se necessário ressaltar que a vacinação contra a gripe não protege contra o COVID-19. No entanto, pacientes já imunizados, podem ajudar profissionais da saúde a agirem de forma mais rápida, durante a triagem pelo diagnóstico por eliminação. Doenças contempladas pela vacina serão descartadas imediatamente.


PARA NÃO ESQUECER


A Influenza H1N1 é uma infecção viral que afeta principalmente nariz, garganta, brônquios e, ocasionalmente, os pulmões. A infecção dura aproximadamente uma semana, sendo reconhecida por apresentar febre alta, acompanhada por dores musculares, dor de cabeça, mal-estar intenso, tosse não produtiva e coriza. O vírus influenza é transmitido facilmente de uma pessoa infectada para outra por meio de gotículas e pequenas partículas produzidas pela tosse, espirro ou durante a fala, além do contato das mãos com superfícies contaminadas e ficou conhecida pelo mundo no ano de 2009.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 200 mil mortes ocorreram por causa do vírus. Vários países foram afetados, entre eles o Brasil. Apenas em agosto de 2010 a OMS declarou que a pandemia do H1N1 estava controlada. Fato que só se tornou possível porque já existia uma vacina contra o vírus Influenza. Houve uma adaptação dela para que pudesse combater essa nova variação do vírus. Atualmente, essa vacina ainda está em uso e é recomendada por especialistas, e deve ser anualmente atualizada.


Portanto, se você mora com pessoas consideradas público-alvo desta campanha, fique atento aos serviços que estão sendo prestados. Todo e qualquer tipo de prevenção nesse momento de outra pandemia, é o mínimo que deve ser feito.


Confira abaixo os cards de divulgação da prefeitura com as informações sobre Unidades Básicas de Saúde e Postos de Vacinação, em Macapá, disponíveis para a campanha.





0 comentário