top of page
  • Foto do escritorCintia Leão

Uma cruz para Jesus: Peça teatral espera atrair multidão na orla de Macapá

Após a interrupção por conta da pandemia da Covid-19, o espetáculo volta a ser realizado nesta quinta-feira e sexta-feira.


Por Cintia Leão

A preparação para a peça começou em janeiro deste ano. Foto: Divulgação / @umcruzmacapa.

Após dois anos sem apresentações, a Companhia Teatro de Arena promove, nos dias 6 e 7 de abril, a exibição do espetáculo “Uma cruz para Jesus” no anfiteatro da Fortaleza de São José de Macapá. A encenação que é tradicional há 44 anos, conta com mais de 120 voluntários, entre atores, dançarinos e produtores. A peça vai mostrar os principais momentos da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. A apresentação é realizada em um cenário aberto, ao ar livre e com entrada gratuita.


Considerado o maior espetáculo ao ar livre do Estado do Amapá, a produção e a preparação do elenco começaram em janeiro deste ano, ocorrendo sempre aos fins de semana. Durante a semana os ensaios são para os atores principais, que necessitam de uma maior preparação. Segundo a jornalista Renata Nunes, intérprete do arcanjo Miguel na peça, “os laboratórios, que são os ensaios semanais, você faz apenas com os seus parceiros de cena, pra ser algo mais ensaiado e elaborado, já que os ensaios de fim de semana são corridos. E, literalmente, a peça é corrida, sem muitas pausas. Então, nos laboratórios conseguimos lapidar a cena”, explica.

A peça será toda ao ar livre na orla da cidade. Foto: Divulgação / @umacruzmacapa.

A jornalista ressalta que a peça tem uma história marcante no Amapá e se caracteriza como uma propriedade da cultura amapaense, ajudando a dar visibilidade para o teatro local e a arte como um todo, pois o viés teatral não é muito valorizado e incentivado no estado. Dessa forma, obras como essa são uma oportunidade tanto para o público quanto para os interessados em viver a experiência na área do teatro.


O diretor e idealizador do espetáculo, Amadeu Lobato, destaca que o evento nasceu em um grupo de igreja, sem grandes pretensões e não pensava em chegar tão longe. Neste ano, ele espera mostrar ao público um espetáculo que carregue elementos artísticos capazes de contar a história de Jesus Cristo de maneira vibrante, incorporando elementos de teatro, dança e música, mas não perdendo de vista o real significado por trás de tudo.


“O teatro sempre foi importante para a cultura da humanidade. E quando você une teatro e um tema dos mais importantes na vida do ser humano, como a vida de Jesus, se espera um evento grandioso”, pontua Amadeu.


A peça é composta em sua maioria por pessoas que não possuem experiências no ramo da atuação, como é o caso do próprio protagonista da peça, o advogado Daniel Modesto. Encarregado de interpretar Jesus Cristo, mesmo sem experiência na área teatral, Daniel conta que decidiu aceitar o convite para participar e, desde então, vem sendo auxiliado pelo elenco e direção para aprimorar as habilidades ne encenação.

A peça conta com atores e atrizes profissionais e amadores. Foto: Divulgação / @umacruzmacapa.

“Na época que fui convidado, eu não havia tido contato com qualquer atuação teatral antes, mas diretor não viu problema, disse que me ensinaria o necessário. Fui acolhido da melhor forma pelo elenco e direção, composto por atores e atrizes profissionais inclusive, e aqui estou, prestes a fazer minha estreia nesse lindo espetáculo”, conta Daniel.


Após esse período hiato forçado por conta da pandemia, o elenco está ansioso para a estreia deste ano. “A expectativa está além do imaginável, não apenas para mim, mas para todo o elenco. A triste interrupção trouxe um gosto de ressurreição após esses dois anos”, comenta o intérprete de Jesus.


O evento será aberto para todos os públicos, com início previsto para às 20h30. Os organizadores esperam alcançar um público de cerca de 20 mil espectadores este ano. Para montar todo o espetáculo, a equipe conta este ano com o apoio do Governo do Estado do Amapá, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).


0 comentário

Σχόλια


bottom of page