• AGCom

Acompanhamento psicológico gratuito para acadêmicos na Unifap

Por Cassiano Brito, repórter AGCOM

Ansiedade, estresse, depressão e crises de identidade são exemplos de alguns males que atingem grande parte população mundial. Esses problemas são resultantes das novas formas de trabalho, convivência e outras exigências do mundo moderno. Essa preocupante realidade motivou criação do projeto “Plantão psicológico”, iniciativa do departamento de saúde da Pró-reitoria de Extensão e Ações Comunitárias (PROEAC), em parceria com o Instituto Macapaense de Melhor Ensino Superior-IMMES. Oferece serviço de orientação psicológica para os acadêmicos da Universidade Federal do Amapá-UNIFAP.



Segundo dados da OMS (Organização mundial da saúde), o Brasil e o país com maior número de pessoas com transtorno de ansiedade no mundo (18,6 milhões de brasileiros sofrem desse mal), sendo 70% da população é afetada pelo estresse e 5,8% sofre com algum grau de depressão. Em todos os casos, a população jovem é a mais afetada e isso ajuda a explicar o porquê de esse publico liderar o ranking de suicídios.


Érika Rodrigues é uma das coordenadoras do Plantão Psicológico e também Diretora do Departamento de Saúde da PROEAC

Segundo Érika Rodrigues, professora doutora em ciências e diretora do Departamento de Saúde da PROEAC, o Plantão Psicológico tem objetivo de facilitar o atendimento. O acadêmico ou acadêmica que estiver sentindo algo diferente como um incômodo da ordem de saúde mental vem até o setor e receberá orientações. Existe, no plantão, até quatro retornos. Há a chance de todos serem atendidos; mesmo em casos de emergência, quando não se realizam os atendimentos formais, o departamento de saúde encaminha para consultas mais amplas.


Existem algumas barreiras que impedem os discentes de procurem ajuda psicológica, segundo Erika. Por isso, a motivação deve ou pode ser dada por pessoas próximas dos que necessitam do atendimento “vocês alunos, eu professora, que identificamos alguém com comportamento que não é comum, devemos conversar e incentivar a participação no Plantão”.


Alegria e satisfação são resultados que os acompanhamentos psicológicos proporcionam nas vidas dos acadêmicos. Essa é a importância do programa e do trabalho realizados: “O resultado do trabalho é maravilhoso, muitas vezes eu perdi o sono porque não conseguíamos atender todos os acadêmicos, a demanda era muito grande e agora, com o plantão, eu estou mais tranquila”, disse a diretora.


 

SERVIÇO: Os atendimentos ocorrem nas dependências da PROEAC terças e sextas das 8h às 12h; e segundas, quartas e quinta das 14h às 18h. Totalmente gratuito e não há necessidade de agendamento.


0 comentário