uNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ - UNIFAP 

  A Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) desenvolve programas e projetos de ensino de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão, com o objetivo de contribuir para a cidadania e o desenvolvimento nacional e amazônico, região na qual está inserida.

    A UNIFAP iniciou suas atividades em 1970, como Núcleo Avançado de Ensino (NEM), vinculado à Universidade Federal do Pará (UFPA), com a oferta de aproximadamente 500 vagas voltadas para o campo do magistério (licenciatura curta), implantando, assim, o ensino superior no Amapá. Na década de 1990, cria-se, de fato, a Fundação Universidade Federal do Amapá, autorizada por meio do Decreto n.º 98.977, de 2 de março de 1990.

  Em 1991, com a nomeação de um reitor pro tempore, a UNIFAP realiza o primeiro vestibular para os cursos de Direito, Secretariado Executivo, Geografia, História, Matemática, Letras, Educação Artística e Enfermagem.

  A UNIFAP possui autonomia didático-científica, disciplinar, administrativa e de gestão financeira e patrimonial. Conforme estabelecido no Artigo 3º do Regimento Geral, a UNIFAP tem por objetivos e funções: I - ministrar o ensino, que é indissociável da pesquisa e extensão; II - desenvolver as ciências, as letras e as artes; III - prestar serviços a entidades públicas e privadas e à comunidade em geral; e IV- promover o desenvolvimento nacional, regional e local. 

I'm a paragraph. Click here to add your own text and edit me. Let your users get to know you.

  A UNIFAP, no campus Marco Zero do Equador, localizado na capital amapaense, possui 29 cursos de graduação distribuídos em sete Departamentos Acadêmicos, conforme suas áreas de atuação. No campus Binacional do Oiapoque, localizado no município do Oiapoque, são oito graduações (Ciências Biológicas, Enfermagem, Pedagogia, Direito, Geografia, História, Licenciatura Interdisciplinar Indígena e Letras). O campus de Mazagão possui dois cursos de graduação (Licenciatura em Educação do Campo: Biologia e Física, e Licenciatura em Educação do Campo: Agronomia e Biologia)  e o de Santana conta com quatro cursos ( Filosofia, Letras – Português, Pedagogia e Química).