top of page
  • Foto do escritorAGCom

Exploração de petróleo, mudanças climáticas e licenciamento ambiental são temas da Década do Oceano

Atualizado: 5 de jun. de 2023

Na abertura do evento, será lançado o Observatório Popular do Mar para coleta de dados, pesquisas e monitoramento da região costeira do Amapá.



Três dias, cinco sessões e mais de 20 convidados vão compor a III Semana da Década do Oceano no Amapá, nos dias 5, 6 e 7 de junho. Temas atuais da agenda política brasileira como a exploração do petróleo na foz do Amazonas, os corais no oceano, o lixo dos mares, erosão da costa amapaense, comunidades pesqueiras, mudanças climáticas, salinização e aumento do nível das águas serão debatidos no auditório central da Universidade do Estado do Amapá e com transmissão online.


A Década do Oceano (2021-2030) é uma estratégia instituída pelas Nações Unidas para oportunizar o debate sobre a sustentabilidade dos mares. É um compromisso com foco no Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) que trata da vida na água.


O Observatório Popular do Mar é uma iniciativa da pesquisadora Valdenira Ferreira dos Santos, do Laboratório de Sensoriamento Remoto e Análises Espaciais (LASA/IEPA) com parceiros institucionais como a Universidade do Estado do Amapá e o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento da Amazônia Sustentável (PPGDAS/Unifap). O objetivo é reunir informações socioambientais da região costeira do Amapá, olhando para as águas da Amazônia. É um observatório popular pois conta com a colaboração da população local na coleta de dados. Atua com cinco principais temas: intrusão salina, erosão, inundação, distribuição dos manguezais e o sensoriamento remoto.

Para conseguir efetuar isso, trabalhando com ciência cidadã e a academia, vamos utilizar um aplicativo que vai reunir essas informações. O voluntário vai ser capacitado, ele vai coletar o dado, inserir no sistema e posteriormente validado. Após, haverá um banco de dados em um portal virtual com livre acesso e ajudará gestores públicos a implementar políticas públicas”, explicou a professora Janaína Calado, do Comitê Gestor do OMARA.


As inscrições são gratuitas e realizadas pelo link https://www.even3.com.br/3decadadooceanoap/


Acompanhe aqui a programação das sessões:





















































0 comentário

Comments


bottom of page