top of page
  • Foto do escritorAGCom

Conheça a companhia de teatro amapaense Beco Teatral

Atualizado: 26 de jan.

A Beco Teatral surgiu em 2016 com a ideia de releitura de uma obra famosa.

Por Ádria Sales

Edição Gil Reis

Beco Teatral apresenta Bug do Milênio em Macapá. Foto: Alex Tavares.

A Companhia de Teatro Beco Teatral nasceu em 2016, fundada por Iury Laudrup e Elielson Júnior, com a finalidade de levar teatro à população amapaense. A primeira peça encenada pelo grupo, “Harry Potter e o Herdeiro Amaldiçoado”, uma versão regionalizada da obra britânica Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, foi apresentada em 2018.


O objetivo do grupo é mostrar a diversidade cultural em nossas cidades por meio de apresentações teatrais. A companhia usa a regionalização e o foco em pautas sociais como as causas LGBT’s e étnico-raciais, incentivando a reflexão do público sobre seu papel na sociedade e trazendo elementos que remetem ao nosso estado.


A atriz Daniela Aires, que atua na companhia desde 2018, destaca a importância do Beco Teatral no cenário cultural do estado. “Principalmente porque a gente tem uma pegada mais com o público jovem, eu acho que o público jovem amapaense está tendo a oportunidade de ver uma outra linguagem dentro do teatro que é a linguagem que o beco trabalha”.


Um dos fundadores da companhia, Elielson Junior exalta a valorização da cultura regional. “A cultura local é muito rica e é uma cultura que está crescendo cada vez mais e a gente gosta de valorizar isso. Então, a gente vai contar histórias sempre valorizando o nosso jeito de ser, por exemplo, vai ter feiticeiros no meio da Fortaleza de São José batalhando, se amando e tomando açaí ”.


teatro
O Teatro das Bacabeiras segue fechado até hoje. Foto: Gabriel Penha / Secom

A primeira montagem do grupo, a peça “Harry Potter e o Herdeiro Amaldiçoado”, foi apresentada no Teatro das Bacabeiras até 2019. Nove apresentações foram realizadas até o espaço entrar em reforma no mesmo ano.


Ainda de portas fechadas, a falta do único teatro público do estado dificulta novas apresentações. “Ainda sinto que no nosso estado como um todo ainda tem essa carência, ainda falta fomentar mais, né? Ainda falta ainda ter essa questão da visibilidade muito maior”, afirma Daniela Aires.

Por conta da pandemia e da dificuldade em encontrar locais para apresentação, o grupo focou na área cinematográfica e, em 2021, lançou o curta “Rasga”, um suspense ambientado no interior do estado.


Assista ao trailer de Rasga:


Trabalhos apresentados


A Companhia de Teatro Beco Teatral já subiu ao palco para encenar as peças “Harry Potter e o Herdeiro Amaldiçoado”, “Percy Jackson e Os Olimpianos”, “Beira da Estrada no Meio do Nada”, “Bug do Milênio”, os curtas “Rasga” e “A mulher Atrás da Porta”, além da produção autoral “A Anfitriã”.


A companhia segue com apresentações teatrais em diversos espaços da capital amapaense, como o Museu Sacaca e o Teatro do Marco Zero. Para 2024, a trupe já começa a ensaiar sua mais nova montagem, “Meninas Malvadas - o musical”, com a previsão de entrar em cartaz em março deste ano.


Você pode conhecer as produções da Cia Beco Teatral no perfil oficial do grupo no Instagram e no canal YouTube.


 

Relacionadas


*Reportagem produzida na disciplina de Webjornalismo ministrada pelo professor Alan Milhomem.


댓글


bottom of page