• AGCom

Unifap e Polícia Militar Consolidam Parceria Pela Inclusão Social

Por João Roberto Ribeiro


No dia 30 de Setembro, a Universidade Federal do Amapá (Unifap) e a Polícia Militar firmaram compromisso de intercâmbio que incentiva os Projetos Sociais da PM-AP. Através do Termo de Cooperação Técnica, assinado pelo Reitor Prof. Júlio Sá, a parceria vai partilhar ações na área de segurança, meio ambiente, educação no trânsito etc.


Evento sobre cooperação entre Unifap e Policia Militar FOTO: João Roberto Ribeiro


O acordo entre Unifap e PM-AP oportuniza, principalmente, a ampliação de estágios aos acadêmicos dos cursos de graduação. "A Unifap, ao firmar o Termo de Cooperação Técnica, está oportunizando aos nossos acadêmicos que desenvolvam suas atividades práticas-pedagógicas e também a oportunidade de estágio junto aos Programas Sociais", afirma Elda Araújo, professora e Pró-Reitora de Ensino de Graduação.


Além disso, aproxima os jovens participantes dos programas sociais da PM-AP com a Universidade. O Termo garante que os 17 projetos promovidos na Polícia Militar terão espaço garantido para sua realização dentro da instituição universitária, promovendo, ainda, a visibilidade das ações sociais à toda comunidade acadêmica.


Projetos sociais integram crianças e adolescentes que vivem em vulnerabilidade sócio-econômica FOTO: João Roberto Ribeiro

A Coordenadora do Programa Social Cidadão Mirim, Tenente Núbia, ressalta que "essa parceria entre Polícia Militar e Unifap é justamente para o campo de extensão, visando que o aluno acadêmico participe dos Programas Sociais e conheça nossa realidade para que haja troca de conhecimentos, isto é, que ele se forme e ajude na nossa formação".


O evento contou com a participação da Pró-Reitora de Graduação (PROGRAD), representada pela Professora e Pró-reitora de ensino de graduação Elda Araújo, o Coronel Mafra e o Major André Dias como representantes da Polícia Militar. O Presidente da Comissão do Termo de Cooperação Técnica, Giovanni Ventura, estava presente, igualmente como todos os Coordenadores e Coordenadoras dos 17 projetos sociais.

Ao final do evento, tanto a PM-AP quanto a Unifap, certificaram que futuramente haverá novos encontros para discutir outras propostas.

0 comentário