• AGCom

“Novembro Azul” campanha de mobilização para prevenção ao câncer de próstata

Por Kerolen Monteiro


Mídia Divulgação Ministério da Saúde


O Novembro Azul é um movimento internacional que visa a conscientização sobre o câncer de próstata, tendo como símbolo da campanha o famoso bigode. Esse movimento começou em 2003, na Austrália, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado no dia 17 de novembro.


No Brasil, o câncer de próstata é a causa de morte de 28,6% da população masculina. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada 38 minutos um homem morre devido ao câncer de próstata. A prevenção passa pela conscientização e informação sobre essa doença. Mitos e medos impedem o processo de prevenção.


No calendário nacional do governo brasileiro, ocorreu o “Novembro Azul” com ações de cuidados masculinos. O objetivo da campanha foi desfazer preconceitos sobre a ida do homem ao médico para realizar exame preventivo de câncer de próstata. Começa apenas com um exame de sangue. No Amapá, é o 2º mais letal, de acordo com dados da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS). O primeiro lugar fica com o câncer de estômago, que foi o que mais matou a população masculina do estado entre 2013 e 2018.


O médico urologista Lecildo Batista, do Hospital de Clinicas Alberto Lima (HCAL), relata que as ações do Novembro Azul são voltadas à prevenção de doenças como um todo, com incentivo à realização de exames de rotina e consultas médicas.


De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde, realizada em 2018, maior conscientização em relação à saúde ocorre com consultas de rotina, podendo prevenir o avanço e diagnóstico da doença. “Ainda é alto o número de homens que não têm na sua rotina o cuidado com a saúde. Quando questionados sobre o costume de buscar os estabelecimentos públicos de saúde, 36,36% (13.570) dos entrevistados afirmaram não ter o hábito de ir nesses locais. Desse total, 47,57% (6.455) informaram que o desinteresse é motivado por nunca ter precisado; falta de interesse ou porque não gosta de hospital. Contudo, muitos agravos poderiam ser evitados, caso os homens realizassem, com regularidade, as medidas de prevenção”.


Exame e diagnóstico

A importância do exame médico de prevenção é anual, por homens com idade a partir dos 50 anos ou 45 anos. Para investigar os sinais e sintomas de um câncer de próstata e descobrir se a doença está presente ou não, são feitos basicamente dois exames iniciais.


Exame de toque retal: o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.


Exame de PSA: é um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.


Algumas orientações para se prevenir ao câncer de próstata:

Ter uma alimentação saudável;

Manter o peso corporal adequado;

Praticar atividade física;

Não fumar;

Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;


Alerta: Sinais e sintomas do câncer de próstata

Dificuldade de urinar;

Demora em começar e terminar de urinar;

Sangue na urina;

Diminuição do jato de urina;

Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite;


Informações do Ministério da Saúde e INCA

Saiba mais: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/cancer-de-prostata

0 comentário