• Lorena Lima

I Comertec Internacional e IV Comertec Jr tem participação de 150 pessoas

Congresso de comunicação e Tecnologia coordenado pelas professoras Cláudia Assis e Roberta Scheibe realiza pela primeira vez evento online


Fim do COMERTEC. (Via Instagram: @grupocomertec)

Na sexta-feira (10) ocorreu o terceiro e último dia do I Comertec Internacional e IV Comertec Jr de forma virtual, com palestras gravadas e Grupos de Trabalho (GT’s) ao vivo. Durante os GT’s foram apresentados trabalhos da Universidade de São Paulo (USP) e outras do estado, Nordeste, Sul e Centro Oeste do país.

Para a professora e coordenadora do congresso Roberta Scheibe: “os GT’s foram uma experiência incrível, tivemos trabalhos de vários lugares do Brasil, inclusive em Inglês. Isso proporcionou uma troca de ideias e experiências muito grandes. Nos que eu participei aconteceu interação entre alunos da graduação, da pós-graduação, até do doutorado e pós doutores, e isso foi muito rico. Além de pesquisadores do Amapá, da Paraíba, do Rio Grande do Norte”.

Nos grupos de trabalho foram abordados temas da atualidade como questões relacionadas à streaming (tecnologia de transmissão de dados pela internet, principalmente aúdio e vídeo, sem a necessidade de baixar o conteúdo), novas tecnologias, subjetividades, inteligência artificial, pluralidade de vozes, novas categorias jornalísticas, novas práticas comunicativas, “educomunicação” e novas formas de trabalho.

Apenas como ouvintes, os GTs reuniram cerca de 40 pessoas, fora os participantes e mediadores. “O virtual proporcionou mais facilidade em transitar entre os GTS, verem os temas discutidos e conhecerem pesquisadores do Brasil todo. Experiência muito bacana”, comenta Roberta.

Para o acadêmico de Jornalismo do sétimo semestre Elcio Barbosa, que participou do primeiro dia do COMERTEC acompanhar o primeiro dia do Congresso Internacional Comertec e o IV Comertec Jr é motivo de alegria, por entender que estamos vivendo em uma pandemia mundial e estamos com saúde, é testemunhar uma nova ordem mundial.

“Precisamos buscar nos reinventar, e esse congresso foi realizado pela internet, passou de alguma forma novas informações. Os palestrantes formaram um alto gabarito e domínio das novas tecnologias, para desenvolver as informações de forma bem clara para o entendimento do aluno. É uma nova descoberta para conectar com a sociedade acadêmica surreal, porque houve o domínio e as organizações dos participantes, destaque para os palestrantes, jornalistas, doutores direto dos Estados Unidos. Eles passaram informações que estavam distantes da classe acadêmica, as coberturas jornalísticas, as apurações das pautas, o combate aos fake news, estamos aprendendo mesmo dentro de uma “suposta bolha”, explica Elcio.

Mesa Redonda dia 2. (Via Youtube: Comertec)

Segundo Elcio: “O Comertec é importante para a vida dos acadêmicos, de alguma forma as informações discutidas e debatidas trás novas idéias durante o evento, e são esclarecedoras e contribui para uma formação mais eficaz, mais coesa da classe estudantil, são utilizadas novas plataformas de trabalho. Há uma troca de experiências e conteúdos entre pesquisados, e o mais importante de tudo é que o congresso ficará no youtube para pesquisas posteriores e isso é bastante gratificante para os futuros alunos, acadêmicos. Esse aprendizado não terá fim, basta o interesse de cada aluno em ir atrás da pesquisa. Nesse Comertec fiquei sabendo que em certas redações de jornais já existem a melhor informação da atualidade e do futuro, trata-se da existência da inteligência artificial, ou seja, o futuro já chegou”.

De acordo com a coordenação do evento a base de espectadores totalizou cerca de 150 pessoas nas programações. Há congressos Brasil afora que unem 4 a 5 universidades. O evento tem parceria com MyStudies, muito criterioso na correção dos trabalhos, muitos não atingiram a qualidade Comertec e MyStudies, pois estavam focados em qualidade.

“Conseguimos palestrantes de vários lugares do país e internacionais, sem custo, o que o online proporciona. Trabalhos voltados para questão técnica como gravação e transmissão de vídeos. Foi um evento que deu bastante trabalho, mas contamos com uma equipe muito coesa e competente. O evento só foi possível graças a equipe. Eu e a professora Cláudia somos muito gratas a toda coordenação de professores e alunos”, agradece a professora.

Os principais temas debatidos nas apresentações e palestras foram o “vírus” das fake news, a pandemia da covid-19 e o jornalismo diante do cenário pandêmico, além da crise energética no Amapá e as dificuldades de informar durante esse período.

Roberta explica o que motivou a escolha das temáticas centrais do congresso. “Escolhemos os temas dos congressos baseados nesse momento mundial pandêmico, de crise humanitária mundial, e ao mesmo tempo levando em conta as situações e vivências do nosso país. Trouxemos essas temáticas que estão latentes para toda a população”.

Story de cobertura COMERTEC. (Via Instagram: @grupocomertec)

Auxilia na formação de acadêmicos e professores proporcionando a troca de experiências. “Nós acreditamos muito no valor da experiência e do aprendizado, troca de ideias e observação, poder conversar com o outro que não mora no mesmo lugar que eu. Poder conversar com o outro que pesquisa assuntos diferentes dos meus, ou ainda que pesquisa os mesmos assuntos que eu de uma maneira diferente”, conclui Roberta. O Comertec 2021 ensina uma nova forma de interação social, principal legado do congresso, interação e troca social entre pessoas de diferentes lugares que o online funciona.



0 comentário